INCONTINÊNCIA URINÁRIA (Perda de Urina):



Definição:


A incontinência urinária é definida como a perda involuntária da urina levando a problemas sociais e de higiene.

Ela pode acontecer em varias situações do cotidiano, algumas vezes sem grande importância, porém outras podendo levar a grande transtorno para saúde do individuo.

No homem a incontinência acontece frequentemente devido a problemas obstrutivos da próstata causada pelo envelhecimento. A obstrução urinária crônica causada pela obstrução da próstata, leva à uma irritação da musculatura da bexiga, que com o tempo pode levar à incontinência urinária de urgência, isto é, se o indivíduo não chegar a tempo ao sanitário, poderá ocorrer a perda da urina, podendo também aparecer nas infecções Urinárias, como a cistite. Numa situação mais severa da obstrução da próstata pode levar a uma incontinência urinária paradoxal, isto é, o individuo encontra-se em retenção urinária completa, perdendo urina continuamente pela uretra em pequena quantidade, causada pelo transbordamento da bexiga.

A Bexiga Hiperativa é uma situação que pode acometer em torno de 17% dos homens e mulheres com o envelhecimento, que é uma contração involuntária do musculo da bexiga podendo levar a também a perda de urina.

Doença neurogênica progressivas, trauma de coluna e algumas lesões neurológicas congênitas podem desenvolver a chamada Bexiga Neurogênica que também leva à incontinência urinária.

No recém-nascido a incontinência urinária fisiológica, ocorre devido a falta de maturação do sistema nervoso central, onde tende a desaparecer espontaneamente em torno do 2 a 3 anos de vida.

Tem outra perda na criança, chamada ENURESE, que é perda da urina, a noite, durante o sono, que também tende a desaparecer com o tempo, muitas vezes encontramos história familiar deste problema, como o pai ou mãe passou por esse mesmo transtorno, nesta situação criança nunca dever ser castiga por esse fato.

Na mulher também pode ocorrer com envelhecimento, sendo mais comum após gravidez ou durante a menopausa, denominada Incontinência urinaria de esforço, isto é, uma perda de urina com o esforço, tais como tosse, espirros, gargalhadas ou ao pegar peso.

Outra situação que pode levar a perda urinária, são encontradas devido passado de cirurgias da próstata, com possibilidade de lesão esfincteriana, apresentando também o quadro de incontinência urinária de graus variados. Nas cirurgias obstétricas e ginecológicas, também poderá ocorrer muito raramente uma fístula urinária da bexiga com a vagina levando a perda continua da urina, com grande transtorno social e higiênico.

Dessa forma, como existem diversas causas e diferentes tipos de incontinências urinárias, o ideal é sempre busca de ajuda médica com um Urologista de confiança, para que assim saiba exatamente qual o quadro clínico especifico.


Dr. Humberto Montoro

Instituto de Urologia de Maceió – (82) 3241 - 3000

41 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo