Quando procurar um urologista? 5 sinais para prestar atenção



Há quem diga que somente homens devem realizar consultas com urologistas, porém é importante destacar que essa especialidade médica também é apta para atender mulheres e idosos, pelo fato de ser uma profissão que abrange o cuidado não somente com a saúde masculina, como também das implicações no trato urinário de diferentes faixas-etárias e gêneros.


Sendo assim, é indicado procurar um urologista ao observar alterações no funcionamento dos rins, ureteres, bexiga, uretra e órgãos sexuais, por exemplo, pois é esse profissional que poderá examinar, solicitar exames e prescrever o tratamento mais adequado para cada quadro médico.


Garantir qualidade de vida, saúde física e mental são os principais objetivos dessa área médica tão ampla e necessária.

Continue a leitura para entender quando procurar um urologista e porquê.


Quando procurar um urologista? Veja 5 casos que devem ser tratados com cautela


1 – Ao sentir sintomas de infecção urinária

A infecção urinária pode acometer tanto os homens como as mulheres, e os seus sintomas mais comuns são ardência, dor e vontade frequente de ir ao banheiro, o que pode afetar a qualidade de vida e a rotina profissional e pessoal dos pacientes.

É importante destacar que casos de infecção urinária na gravidez e na terceira idade requerem ainda mais atenção e cuidado no tratamento da doença.

Se você perceber sintomas de infecção urinária, o ideal é procurar um médico urologista o quanto antes, pois ele conseguirá prescrever o tratamento ideal conforme o agente infeccioso e as particularidades de cada caso.


2 – Ao notar sangue na urina ou urina turva

Através da análise da cor da urina do ser humano, é possível identificar sinais de disfunções que estejam ocorrendo no organismo.

O ideal é que a cor da urina seja amarela clara, caso você perceba sua urina turva ou com sangue, é recomendado procurar um urologista, pois essa alteração pode estar relacionada a alguma infecção bacteriana no trato urinário, cálculo renal ou doença sexualmente transmissível.

Nesses casos, o urologista pode solicitar exames, sugerir mudanças de hábitos na rotina alimentar e física dos pacientes, e prescrever o melhor tratamento para cada caso.


3 – Ao perceber alterações na rotina miccional

Quando procurar um urologista? Ao notar dificuldade, diminuição ou aumento de frequência miccional.

Esses sintomas precisam ser observados com atenção e tratados precocemente, pois podem sinalizar algum nível de infecção urinária, caso de incontinência urinária, bexiga baixa ou inflamada – enfermidades que você, até então, nem imaginava poder estar desenvolvendo.

Através de exames de urina, sangue ou mesmo de imagem, o médico urologista conseguirá diagnosticar o seu quadro e indicar a melhor forma de tratamento para você seguir.

Lembrando que a automedicação nunca é uma boa opção e pode inclusive agravar o quadro médico.


4 – Em casos de dores lombares ou cólicas renais frequentes

Dores lombares ou cólicas renais frequentes podem indicar disfunções nos rins e, nesse sentido, consultar com um especialista em urologia é a atitude mais indicada para solucionar esse tipo de problema.

Hidronefrose, pedra nos rins e cálculos renais são as doenças mais comuns que costumam ser diagnosticadas e tratadas por médicos urologistas com eficácia.


5 – Falta de libido, dificuldades de ereção ou disfunções sexuais

Esses sintomas podem ser consequentes de doenças relacionadas ao envelhecimento do homem, como também às doenças sexualmente transmissíveis ou depressão.

Sendo assim, é importante procurar ajuda profissional especializada para detectar a causa e sugerir o caminho mais assertivo e rápido para a melhora ou cura do paciente.


Quando procurar um urologista? Saiba mais

É importante salientar que, principalmente os homens, não devem ter preconceito, mas sim se sentirem tranquilos e conscientes em relação a importância do autocuidado e dos exames preventivos.

Se você ainda possui dúvidas sobre quando procurar um urologista, explore o nosso blog para saber mais sobre o universo e as doenças que englobam essa especialidade tão importante, e não hesite em agendar uma consulta o quanto antes.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo