Será que meu pênis é pequeno? Qual o tamanho de um pênis “normal”?



O tamanho do pênis é sempre uma das maiores dúvidas que surgem na adolescência e as comparações nessa fase são muito comuns entre os meninos. Muitos homens consideram que seus pênis são pequenos para satisfazer as pessoas com quem se relacionam sexualmente, outros consideram o pênis grande um sinal de masculinidade e virilidade. Essas crenças infundadas geram inseguranças e insatisfações desnecessárias.


Mas qual é o tamanho normal do pênis?


Journal of Urology publicou em 1966 um estudo que mostrou média peniana em ereção de 12,9 cm. Outro estudo em 2000, demonstrou que a média do pênis ereto era de 13,5 cm em publicação no International Journal of Impotence Ressearch. Um dos maiores estudos já realizados, publicado no British Journal International , com mais de 15 mil homens, de 17 a 91 anos, revelou valores médios de 9,1 cm em estado flácido e 13,12 cm ereto, enquanto a circunferência média foi de 9,3cm em flacidez e 11,6cm em ereção.


De maneira geral, entende-se por tamanho normal, o pênis de 10 a 17 cm em ereção, e que menos de 3% da população masculina esteja fora da média, para mais ou para menos.

Uma causa bastante comum de preocupação com “pênis pequeno” acontece nos jovens obesos, condição em que a gordura local esconde o pênis e o faz parecer menor do que realmente é. Também é chamada de pênis embutido. Ao emagrecer, o pênis “volta” a ter o seu tamanho normal. Importante também ressaltar que o tamanho do pênis não tem nenhuma relação com o tamanho de outros órgãos ou de outras partes de nosso corpo, como nariz, mão, pernas ou orelhas.


O importante não é o tamanho.


É sabido que o tamanho peniano não é fundamental para o orgasmo feminino, uma vez que o tamanho médio da vagina excitada é de 10 cm a 14cm.


A ideia que uma penetração vaginal mais profunda poderia proporcionar maiores prazeres foi desmistificada em vários estudos. A porção proximal da vagina é considerada a mais sensível. Destacam-se as regiões do clitóris e o chamado “Ponto G” local que seria a zona erógena da vagina. Contudo este último conceito é contestado por muitos autores.


O que é o Micropênis?


O micropênis acomete aproximadamente 1 a cada 200 meninos. Via de regra é diagnosticado na infância. Nessa situação o pênis tem a forma normal, no entanto com comprimento inferior a dois e meio desvios-padrão. É um problema de difícil resolução, geralmente ligado a deficiências hormonais e algumas síndromes. O tratamento na maioria das vezes é administração de testosterona e requer equipe multidisciplinar com endocrinologista, psicólogo e urologista. Existem outras más-formações do pênis junto à bolsa testicular e ainda as hipospádias. Todas essas condições são vistas já no nascimento.


É possível aumentar meu pênis?


Os resultados dos tratamentos para aumento peniano são decepcionantes. Os mais empregados são os dispositivos mecânicos de tração progressiva que podem proporcionar ganhos de comprimento de 2,3 cm e 1,7cm, em flacidez e esticado respectivamente, segundo um único estudo de Gontero publicado no British Journal of Urology. Entretanto, os resultados não foram os mesmos obtidos em outros estudos. Esse fato coloca em dúvida a eficácia do método, que não é recomendado pelas Sociedades de Urologia.


Para aumento do diâmetro do peniano, preenchimento com gordura ou mesmo outras substâncias tem sido realizado em pequenas séries de casos. Os resultados preliminares são desanimadores e raramente satisfazem os pacientes.


A secção do ligamento suspensor do pênis também é descrita. Ela pode alongar em até 2 cm o pênis em flacidez e muitas vezes não há diferença em ereção. Ademais dos homens podem perder a elevação natural do pênis ereto.

O pênis embutido pode acometer meninos e homens acima do peso. Em algumas situações a lipoaspiração pubiana pode proporcionar bons resultados, sobretudo quando associada às mudanças de hábito e ao emagrecimento.


De uma maneira geral, os pacientes que vão ao urologista devido ao tamanho do pênis acabam orientados a não realizar nenhum procedimento cirúrgico. Em algumas situações terapia sexual é recomendada. Ter e proporcionar o prazer não estão relacionados ao tamanho peniano, mas as carícias preliminares e principalmente a sedução do ato sexual.


Assim, o tamanho peniano continua sendo uma grande preocupação para os homens. Entretanto a grande maioria tem o pênis normal e suas inquietudes são desnecessárias. Apenas uma minoria necessitará um auxílio psicológico e urológico.



Lembre-se que a consulta médica não deve ser substituída por nenhuma informação escrita.


Para agendamento, entre em contato:

Dr. Humberto Montoro

Instituto de Urologia de Maceió

(82) 3241 - 3000

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo